Início / Dicas / Chuva causa mortes, deslizamentos, quedas de árvores e bolsões d’água; Rio segue em estágio de crise

Chuva causa mortes, deslizamentos, quedas de árvores e bolsões d’água; Rio segue em estágio de crise

Três pessoas morreram e duas estão desaparecidas depois da tempestade da noite da quarta-feira (6) no Grande Rio. A forte chuva acompanhada de ventania causou apagões, derrubou árvores, alagou vias e fechou a Avenida Niemeyer, onde um trecho da ciclovia desabou.

O prefeito Marcelo Crivella confirmou que a situação mais crítica é na Niemeyer. “Vai demorar mais de um dia inteiro para normalizar”, disse. Um ônibus está soterrado, e há a suspeita de que dois passageiros estejam feridos dentro. Houve quedas de barreira em vários pontos – a ciclovia caiu perto de São Conrado, e o ônibus foi atingido quase no extremo oposto.

A Avenida Niemeyer é uma das opções de ligação entre bairros da Zona Oeste, como a Barra, e a Zona Sul. Pelas manhãs, a avenida opera em mão única para a Zona Sul, como parte do corredor de reversíveis da orla, em direção ao Centro.

Crivella decretou luto oficial de três dias pelas mortes.